Se a mãe de Fernando Pessoa é uma figura incontornável quando se fala e entra na última casa que pertenceu ao poeta, também na porta do lado não se pode deixar de mencionar Cidália. O restaurante que tem morada na Casa Fernando Pessoa, em Campo de Ourique, tem como comandante da cozinha esta mãe. Sem nunca ter tido formação na área, Cidália passou o gosto pela culinária aos dois filhos, que acabaram por trazê-la para este seu novo projeto.

Sérgio e Ricardo Cabral foram durante sete anos os responsáveis do Santa Marta, o restaurante situado diante do edifício dedicado ao poeta português. Mas o convite para se mudarem para o outro lado da rua e juntarem-se ao espaço Casa Fernando Pessoa acabou por surgir. Os clientes também os seguiram – afinal, bastou atravessar a Coelho da Rocha – para continuar a provar os pratos tradicionalmente portugueses.

Mantiveram também o salão de chá durante a tarde e confiaram nos bolos caseiros da mãe para adoçar o lanche. O que mudou mesmo foi o nome. O patriarca Cabral, numa das suas pesquisas, encontrou a fotografia que Pessoa enviou à sua amada Ofélia, posando com um copo na mão na casa de vinhos Abel Pereira da Fonseca. Assinou: «Fernando Pessoa em Flagrante Delitro».


Flagrante Delitro
Rua Coelho da Rocha, 18 (Campo de Ourique)
Tel.: 213950704
Web: facebook.com/flagrantedelitro
Das 10h00 às 23h00; segunda, até às 18h00.
Encerra ao domingo.
Preço médio: 14 euros

Texto de Marlene Rendeiro - Fotografias de Nuno Pinto Fernandes/Global Imagens