Tesouros culinários das nove ilhas em prova durante dez dias, com vista panorâmica sobre a capital.

Depois de trazer Porto, Alentejo, Algarve e Ribatejo à mesa do restaurante Terraço, Fátima Moura lançou a rede ao Atlântico para um desafio mais amplo: para a quinta edição da iniciativa Portugal de Norte a Sul, a investigadora em gastronomia propôs-se juntar numa só carta os tesouros culinários das nove ilhas açorianas. Para isso, socorreu-se da preciosa ajuda da equipa de um dos restaurantes de vanguarda do arquipélago, o Anfiteatro, umbilicalmente ligado à Escola de Formação Turística e Hoteleira de Ponta Delgada – os chefs Sandro Meireles, Pedro Oliveira, Cláudio Pontes e Nuno Santos, o chefe de sala João Couto e o diretor da escola, Filipe Rocha.

Durante dez dias (de 19 a 28 de fevereiro), o restaurante panorâmico do Hotel Tivoli Lisboa é ponto de partida para descobrir que os Açores é muito mais do que o cozido das Furnas. Há peixes de primeira água, como boca negra, apresentado sobre arroz de lapas e açafroa, e o alfonsim, servido com migas de batata-doce, couves aferventadas e crocante de bolo da sertã.

Uma equipa de chefs do restaurante açoriano Arquipélago ajudou a preparar a carta que o Terraço serve até dia 28.

Há as carnes, na revisitação de pratos emblemáticos como a alcatra à moda da Terceira e as sopas do Espírito Santo. Sobremesas ricas, mesmo algumas que sempre foram «comida de pobre », como o pudim de feijão. E, claro, alguns dos melhores queijos nacionais. E os vinhos do Pico, plenos de acidez e frescura, que não fazem feio na harmonização. Vamos todos aos Açores, numa mesa de Lisboa.

Portugal de Norte a Sul – Açores
De 19 a 28 de fevereiro
Terraço, Hotel Tivoli, Avenida da Liberdade, 185 (Marquês)
Tel.: 213198934
Preço médio: 50 euros; menus a 45/60 euros (sem/com bebidas)


Mais notícias sobre o tema:

Esta foi a grande novidade do último verão em São Miguel
Serão os Açores a próxima tendência da gastronomia regional?


 

Texto de João Mestre - Fotografias de Mário Cerdeira