A Pizzaria Portuense nasceu no lugar que durante dois anos acolheu uma mercearia de produtos regionais. Marta Couto e o marido, que tinham facilidade em arranjar produtos de Trás-os-Montes, começaram por abrir a mercearia, que agora se tornou lugar de pizas e massas, e ainda há alguns produtos à venda. A vontade de abrir um lugar dedicado à piza surgiu quando Marta Couto, arquiteta, estava de Erasmus em Itália, no seu último ano de faculdade, e experimentou pizas de todos os pontos do país.

Apesar da vontade, o sonho apenas se realizou no final do ano passado, mais de uma década depois. As pizas mais invulgares são a Aliados (com alheira), a Ribeira (com presunto Pata Negra) e a Casa da Música (com pasta de trufa). Na carta há ainda massas, lasanha de carne com massa caseira, saladas, plumas e secretos de porco preto e bife do lombo. Ao almoço, há um menu de dia que inclui outras sugestões – chanfana de cabra, vitela assada e tripas à moda do Porto são algumas.

O restaurante está inserido numa zona de prédios modernos mas dentro o ambiente é rústico graças à madeira envelhecida na decoração. À entrada, a mercearia continua a vender bolachas Paupério, conservas, compotas, azeite, vinhos, bombons, pastéis de Chaves e covilhetes de Vila Real. E durante o dia o espaço funciona como cafetaria, servindo bolos caseiros, vinho a copo e tostas com pão de Mirandela.


Pizzaria Portuense
Rua Professor Mota Pinto, 244 (Pinheiro Manso)
Tel.: 220998193
Horário: De terça a sábado das 10h00 às 22h30; domingo das 12h00 às 15h00; segunda até às 19h00
Facebook: pizzariaportuense
Preço médio: 15 euros

Texto de Ana Luísa Santos - Fotografias de Leonel de Castro/Global Imagens