O novo menu tem dez pratos e começa com snacks para comer à mão. Depois é deixar-se surpreender pelas propostas, com produtos nacionais, do chef Ricardo Costa.

O restaurante do Yeatman, premiado com uma estrela Michelin, tem duas novidades: passou a abrir só à noite e tem uma carta nova, que junta os melhores produtos portugueses às técnicas da alta cozinha e reflete a preocupação de Ricardo Costa com o equilíbrio à mesa.

«Produtos de estação, uma cozinha mais ligeira», explica o chef, que, com a alteração do horário do restaurante gastronómico – a Sala Orangerie passa a acolher um segundo restaurante, aberto ao almoço, com menu executivo, e ao jantar com escolhas à carta –, espera ter «mais tempo para pensar no conceito e a equipa mais disponível» para o mise en place, «para crescer e fazer coisas diferentes». O novo menu tem dez pratos e «um início mais informal», para «comer à mão», explica Ricardo Costa, com snacks como a sanduíche de beringela ou a petinga de escabeche, os legumes de Amarante , os chocos com tinta, pescados em Aveiro, ou as ostras – gordinhas, igualmente de Aveiro e «praticamente iguais às francesas Gillardeau».

O chef Ricardo Costa propõe produtos da estação e uma cozinha mais ligeira, mais informal.

O mexilhão com caldo de caril e coco é o apontamento mais tropical num menu de essência lusa mas que é, afinal, de primavera. A maresia também se sente na pescada da Póvoa, no bacalhau e na lampreia – que é cozinhada de forma tradicional e servida com molho de vinho tinto, puré de maçã e pele de leite. A barriga de leitão com cenouras em várias texturas e o lombo de vaca grelhado são os dois pratos de carne de um menu que fecha com chave de ouro: ruibarbo, em creme e merengue, com gelado de Mascarpone e uma abordagem contemporânea da Tripa Doce da Costa Nova.

Restaurante Yeatman
Rua do Choupelo
Tel.: 220133100 Web: the-yeatman-hotel.com
Horário: Das 19h30 às 23h00.
Preço: Menu 145 euros; seis vinhos por mais 57 euros.

Texto de Ana Isabel Pereira - Fotografias Direitos Reservados