Uma renovada área de música eletrónica, com uma piscina inspirada nas «pool parties» de Las Vegas. Uma nova rock street, este ano dedicada ao Brasil, com as casas que remetem para várias regiões do país e ainda um palco inspirado nos Arcos da Lapa, um dos ex-libris da zona histórica do Rio de Janeiro. E comida de chef em pleno festival. São algumas das novidades do Rock in Rio 2016, a sétima edição do conhecido festival de música, que tem início esta quinta-feira no Parque da Bela Vista.

O evento, que começou em 1985 no Brasil, chegou a Portugal em 2004 e desde então regressa de dois em dois anos, com uma bagagem de artistas de várias categorias. Uns são nomes novos no festival, como Hollywood Vampires ou Ariana Grande, e outros já veteranos, como Ivete Sangalo e Xutos e Pontapés. Mas todos cumprem a promessa de proporcionar cinco dias de animação aos amantes de música.

Bruce Springsteen é o primeiro cabeça de cartaz a atuar já na quinta-feira. O aclamado músico norte-americano já havia subido ao palco há dois anos, durante o concerto dos Rolling Stones, para proporcionar aos festivaleiros uma atuação surpresa. Desta vez, o palco é todo seu e da E Street Band que o acompanha.

No dia seguinte, o destaque é o concerto da noite, protagonizado pelos Queen, com Adam Lambert no papel de vocalista, e ainda para as atuações de Mika, Fergie e Carl Cox na eletrónica.

O festival faz uma pausa durante alguns dias e regressa depois na sexta-feira, 27, num dia dedicado ao rock com concertos de Hollywood Vampires, Korn e Rival Sons. Maroon 5, Ivete Sangalo, Alok e D.A.M.A., atuam no sábado, e Avicii, Ariana Grande, Charlie Puth no domingo.

Rock in Rio Lisboa
Parque da Bela Vista
Inicia quinta. Até dia 29.
Bilhetes: 84 euros (com transporte ida e volta)

Por Marlene Rendeiro - Fotografias Direitos Reservados