A maior parte das fotografias tiradas na Pedra da Gávea, no Rio de Janeiro (Brasil), são arrepiantes para quem as vê. Na verdade, aquela imagem que todos querem fazer lá de cima não passa de ilusão. Mas não deixa de ter o seu pico de aventura, até porque para lá chegar é preciso esforço, numa caminhada que dura cerca de 3 horas e para a qual é aconselhável ir com um guia.

O nome Pedra da Gávea foi batizado pelos portugueses, em 1502, quando os navegadores descobriam cada recorte da costa. E gávea porque ao longe se parece com o formato das gáveas das caravelas, que eram as plataformas no alto do mastro de onde se controlava o horizonte.

É uma das melhores vistas sobre o Rio de Janeiro, acima dos 844 metros de altitude, e fica entre os Bairros de São Conrado e Barra da Tijuca, depois de percorrer um trilho que corta o Parque Nacional da Tijuca. A recompensa é a panorâmica e a fotografia lá de cima faz parte. Arriscava? Claro que sim, é só ilusão.

Redação - Fotografias Direitos Reservados