O grupo português Sana Hotéis anunciou na quarta-feira, em Casablanca, Marrocos, o lançamento da construção dos seus dois primeiros hotéis na metrópole económica do país, com um investimento de cerca de 90 milhões de euros. Os dois hotéis prometem acrescentar mais 710 camas à cidade de Casablana.

Sana Hotéis escolheu implantar-se em Marrocos por se ter revelado ser um mercado prioritário, graças aos bons desempenhos económicos registados estes últimos anos: ambiente de negócios favorável e também dada a estabilidade política e social do Reino, sublinharam os responsáveis do grupo durante a cerimónia que contou com a presença do ministro do Turismo de Marrocos, Lahcen Haddad.

A cadeia hoteleira vai assim consolidar o destino turístico de Marrocos no âmbito do acordo de cooperação bilateral assinado pelos dois países, em 2015, que prevê reforçar a parceria em matéria de investimento, incentivando a organização de visitas e de roadshows sobre asoportunidades de investimento nos dois países.

Prevê também o desenvolvimento da cooperação para África tendo em conta as vantagens de Marrocos enquanto plataforma para o continente, e dada a presença dos grupos hoteleiros portugueses em vários países africanos .

Também o grupo Pestana anunciou – no passado mês de julho – a abertura de um hotel na Praça Jemaa el Fna, em Marraquexe, para 2017. Um aposta que representa o segundo investimento do grupo que detém o Hotel Pestana Casablanca situado no complexo imobiliário Anfa Place.

Redação - Fotografias Direitos Reservados