British Airways deixa de oferecer refeições em classe económica

A companhia aérea British Airways anunciou que irá começar a cobrar pela refeição aos passageiros que viajem em classe económica.

British Airways deixa de oferecer refeições em classe económica
Por NMG - Fotografias Direitos Reservados 30 Sep 2016

A British Airways vai deixar cair o seu serviço de cortesia que oferece snacks e bebidas a todos os passageiros que viajem em classe económica, como adiantou o jornal britânico The Independent.

Está previsto que esta nova medida entre em vigor a partir de 11 de janeiro de 2017, em praticamente todos os voos com duração inferior a cinco horas, de e para Heathrow e Gatwich (Londres).

Alex Cruz, chefe-executivo da British Airways, explica o motivo desta nova política da empresa como uma medida para dar resposta às exigências dos clientes. «Temos recebido milhares e milhares de pedidos de passageiros que querem ter escolha, em vez de estarem apenas habilitados a receber uma refeição de qualidade discutível».

Uma estratégia também para reduzir custos e acompanhar a forma como os concorrentes easyJet e Ryanair trabalham no mercado da aviação. Quando a mudança for posta em prática, os passageiros em classe económica passam a ter que pagar por qualquer snack durante o voo. Em classe executiva ou em voos de longa distância, superiores a cinco horas, todos os passageiros continuarão a receber refeições e bebidas grátis.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.