Nem todos os viajantes são iguais – é por isso que cada um escolhe o seu estilo de viagem de acordo com as suas características pessoais, gostos e vontades. O problema é que todos os aviões são iguais (ou parecidos, vá) pelo menos no que toca ao tamanho das cadeiras.

Isto tudo para dizer que nenhum tem em conta os mais gordinhos, que frequentemente se sentem excluídos numa cabine que não foi desenhada com eles em mente. É a mesma sensação de entrar numa loja de roupa e não haver tamanhos que sirvam mas para pior: é que nos aviões não há hipótese de entrar na ‘loja ao lado’.

A pensar nisto, e para chamar a atenção para a discriminação e o stress que os viajantes ‘plus size’ sentem quando voam, a artista e ativista social Stacy Bias criou um filme de animação chamado ‘Flying While Fat’ (‘Viajar quando se é gordo’, traduzido à letra).

No fundo, Bias quer dar voz a estes passageiros que conhece como ninguém: ela própria pesava 136 quilos quando estava numa relação à distância que implicava muitas (e longas) viagens de avião entre o Reino Unido e os Estados Unidos.

“A minha preocupação era financeira mas mais do que isso: sofria de ansiedade por não caber no meu lugar, de dor física além de ter de enfrentar as caras hostis dos outros passageiros”, contou ao site Mashable a activista.

Foi o sentir na pele essa dificuldade que a levou a fazer uma investigação exaustiva – inquiriu 795 pessoas e entrevistou 28 em profundidade – sobre estes passageiros que, tal como ela, passam tormentas durante as viagens de avião e mais tarde a curta de animação.

“Estou sempre a tentar não incomodar ninguém com o meu corpo”, disse-lhe uma das entrevistadas. “A maioria das vezes a minha táctica é abraçar-me, apertar-me contra a janela, olhar fixamente durante todo o voo e de certa forma tentar desaparecer”, contou outra.


Leia também os artigos:
A maior viagem de comboio do mundo começa em Portugal
Um país onde os salários são altos e a educação e a saúde são gratuitas
50 experiências de viagem para ter uma vez na vida

Alexandra Martins