A Islândia tem algumas das maiores maravilhas da natureza, mas tinha poucos hotéis de charme. O Deplar Farm, na zona norte do país, mostra que esta realidade está a mudar.

Já lá vai o tempo em que a Islândia era um país que apenas víamos em documentários. Os cenários continuam a ser de filme, muitas vezes surreais, mas nos últimos anos – e em grande parte devido à crise financeira de 2008 – o país tem apostado muito no turismo.

Tornou-se um país menos distante e mais acessível. Mas só agora a sua rede hoteleira começa a ter uma oferta mais diversificada. Exclusiva. O Deplar Farm, na península de Troll, bem no norte do país, entra diretamente para o topo da lista. Um antigo rancho de ovelhas com mais de 1200 hectares (sim, está certo, na Islândia é tudo em grande), com 12 lodges de madeira construídos bem no meio da neve. Mas não falta conforto. Tem piscina de água salgada aquecida e um restaurante onde é possível comer salmão selvagem apanhado nas redondezas. O verdadeiro salmão.

A ilha tem pouco mais de 330 mil habitantes e tem na cantora Bjork a sua principal figura fora de portas.

A pedido é possível fazer heliskiing ou esquiar nos rios glaciares. Um projeto do grupo Eleven Experience. Muito do que há de melhor em termos de hotéis e programas de aventura no país tem o dedo deles.

Saiba mais em: elevenexperience.com/destinations/deplar-farm


Veja também:

Islândia: uma viagem de sonho noutro planeta

Fotografias impressionantes na cidade mais fria do mundo