Conseguiria dormir numa caverna?

Nos primórdios da Humanidade, as cavidades nas rochas eram usadas como abrigos. Com o passar dos tempos, os “lares” foram evoluindo, até que finalmente as casas ficaram como agora as conhecemos, variando de região para região.

Já pensou como seria uma caverna nos dias de hoje? Não tem de puxar muito pela imaginação: em Espanha, há uma casa inserida num antigo abrigo do tempo dos romanos.

A guesthouse Casa Tierra, desenhada pela UMMO Estudio, é uma das quatro moradias de luxo inseridas na quinta Cuevas Del Pino, a 15 minutos de Córdova.

Os designers Andrés Moreno e Manuel Murillo conseguiram criar uma grande harmonia entre arquitetura existente e um novo conceito. A estrutura original do rochedo foi mantida e deixada intacta – como os tetos inclinados, por exemplo –, e a ela acrescentaram paredes brancas, chão de mármore e mobília em madeira.

A casa tem um quarto, uma casa de banho, uma cozinha totalmente equipada e uma sala de estar. Durante todo o ano, a temperatura dentro da habitação varia entre os 18 e os 20 graus.

Os hóspedes desta caverna – que alberga até quatro pessoas – podem relaxar na piscina aquecida, participar numa sessão de yoga ou visitar a cidade de Córdova.

Casa Tierra
Cuevas del Pino, Córdoba
Preço a partir de 115 euros por noite (duas pessoas)
cuevasdelpino.com

Texto de Mafalda Magrini – Fotografias Direitos Reservados

Veja também:

À descoberta da Extremadura espanhola com José Luís Peixoto

Casas na natureza para se desligar do mundo por uns dias

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.