Portugal, Espanha, França, Suécia, Dinamarca, Alemanha e EUA são alguns dos países por onde uma bisavó de 78 anos viajou de bicicleta.

Enquanto a maioria das pessoas começa, aos 65 anos, a pensar em tirar um passe sénior para os transportes públicos, Ethel MacDonald iniciou – com essa mesma idade – a sua viagem de bicicleta pela Europa e América do Norte.

Curioso é o facto de esta ciclista só ter aprendido a andar de bicicleta em 1979, quando mudou de cidade e esse passou a ser o seu meio de transporte principal.

Com 78 anos, a bisavó não pensa em parar: para Ethel, pedalar por onde quer e quando deseja dá-lhe a uma sensação incrível de liberdade. Tem duas bicicletas: uma está em casa de uma amiga, na Europa, e a outra está em Missoula (EUA), a cidade onde vive no estado de Montana.

A professora de francês, já reformada, começou em 2003 por percorrer a costa atlântica francesa – que considera perfeita para pedalar -, e já fez perto de 20 mil quilómetros sobre duas rodas. Normalmente, as suas viagens duram entre três a quatro semanas.

Ethel não gosta de ficar em hotéis, e por isso usa as comunidades online “Warm Showers” e “Couchsurfing” – onde as pessoas oferecem alojamento – para escolher o sítio onde pernoitar. Para além disso, a bisavó oferece também a sua casa, em Missoula, a todos os viajantes que por lá passam. MacDonald acredita já ter ficado em 165 casas diferentes e recebido mais de 200 hóspedes. Poupar é uma das razões que a leva a ficar em lares de desconhecidos. Mas o principal motivo é o facto de poder conhecer pessoas fantásticas e inspiradoras, com as quais acaba por criar uma forte ligação.

Ethel é uma bisavó aventureira com dois filhos, um neto e uma bisneta, que não pensa parar – pelo menos nos próximos dois anos. Talvez Cuba seja o destino que se segue.

Por Mafalda Magrini – Fotografias Direitos Reservados

Veja também:

10 melhores cidades na Europa para andar de bicicleta

Destinos europeus mais baratos para cada mês do ano

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.