Emirates: custo de um desvio por emergência médica num voo

Um único desvio por emergência a bordo pode custar à Emirates entre 50 mil e 600 mil dólares americanos, dependendo da causa do desvio. Estão associados custos de combustível, catering, taxas de aterragem e assistência, custos de navegação aérea, novas reservas de voos, bem como para assegurar os cuidados da tripulação e passageiros.

Os desvios de voo devido a emergências médicas a bordo representam uma pequena parte, face aos milhares de voos operados anualmente. No entanto, garante a Emirates, os custos acarretados não deixam de ser dispendiosos para as companhias aéreas. Em 2016, a Emirates operou cerca de 194 mil voos e ao longo dos 12 meses realizou mais de 60 desvios devido a emergências médicas.

A Emirates garante que o bem-estar dos seus passageiros será sempre a prioridade número um. Como tal, em 2016, a companhia aérea investiu perto de 23 mil horas em formação médica para pilotos e tripulação de cabine, garantindo sua aptidão para ajudarem os passageiros a bordo sempre que necessário.

Todos passam por formação num programa inicial abrangente, exigido pela Autoridade de Aviação Civil dos Emirados Árabes Unidos; formação intercalar, de modo a manter as competências atualizadas; e de formação específica adicional, para aprender a manusear os equipamentos médicos a bordo.


Veja também:

Este é o truque para poupar no bilhete de avião

Nunca tire o cinto de segurança durante o voo