Lufthansa vai aumentar o salário dos pilotos

A companhia aérea Lufthansa chegou hoje, dia 15 de fevereiro, a acordo para aumentar os salários dos pilotos.

Este aumento será de 8,7% no total – feito em quatro etapas até 2019 – e a este vão ser acrescentados prémios avaliados em cerca de 30 milhões de euros – entre 5 a 6 mil euros por piloto. Segundo o sindicato Cockpit, este valor corresponde “a cerca de meio mês de salário” por pessoa.

Esta subida de salários dirá respeito aos ordenados de 5.400 pilotos da Lufthansa, Lufthansa Cargo e Germanwings.

Este acordo, que precisa ainda de ser aprovado pelos membros do sindicato e que estará em vigor até ao fim de 2019, fará com que os custos do grupo aéreo alemão subam cerca de 85 milhões de euros por ano.

Para compensar estes gastos, a companhia pretende fretar 40 aviões (sem que as tripulações desses aparelhos sejam abrangidas pelo novo acordo salarial). É de relembrar que, no outono de 2016, a Lufthansa tinha já estabelecido um acordo com a Air Berlin para alugar 38 aviões (com tripulações incluídas), e aumentar a frota da companhia low-cost Eurowings, com pilotos com salários mais baixos.

Lusa


Veja também:

Quanto custa à companhia aérea um desvio por emergência médica

Um avião onde não se paga bilhete, mas só tem 72 lugares