Primeiro voo direto entre China e Portugal já tem data marcada

Primeiro voo direto entre Portugal e China arranca já este verão, a 26 de julho, anunciou hoje a companhia aérea Beijing Capital Airlines.

A ligação aérea entre a cidade de Hangzhou e Lisboa, com paragem em Pequim, terá três frequências por semana – quarta-feira, sexta-feira e domingo -, avançou à agência Lusa o departamento de marketing da companhia aérea chinesa.

Nos últimos três anos, o número de turistas chineses que visitaram Portugal triplicou para 183.000, número que deverá aumentar «exponencialmente» com esta nova ligação direta, afirmou no início deste mês a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho. «Os chineses que chegam a Portugal são sempre canalizados através de outra porta na Europa, nomeadamente através de Espanha (…), o que leva a que passem poucas noites em Portugal», disse à Lusa, em Pequim, acrescentando que o grande objetivo é «inverter essa tendência».

De acordo com a Organização Mundial do Turismo, os chineses são também os turistas que mais gastam: só no ano passado deixaram 246 mil milhões de euros além-fronteiras.

A ligação aérea direta entre a China e Portugal será feita pelo modelo 330-200 da Airbus, com capacidade para 475 passageiros.

A Ctrip, o principal motor chinês de pesquisa de viagens, já incluía hoje o voo nos resultados, com o preço de ida e volta fixado em 6.400 yuan (870 euros).

Lusa

Veja também:
Turistas chineses são quem mais gasta nos países estrangeiros
Agências de viagem chinesas suspendem visitas à Coreia do Norte