A hora do chá do hotel Rosewood é inspirada em artistas contemporâneos.

Dos melhores espera-se sempre que surpreendam. O Rosewood London, um dos mais respeitados hotéis da capital inglesa, localizado num edifício eduardiano em Covent Garden, está constantemente a inovar.

A hora do chá era já um dos seus serviços mais procurados, como qualquer hotel de luxo britânico que se preze, mas agora criou o Art Afternoon Tea, inspirado na obra de vários artistas contemporâneos, entre eles os britânicos e polémicos Damien Hirst ou Banksy. Na verdade, mais do que nos chás (há catorze variedades à disposição), é nas cores e nas formas das peças de pastelaria que se pode ver a influência dos artistas.

Scones, macaron, biscoitos e uma série de outros doces originais que acabam, também eles, por se transformar em obras de arte. Custa 57 euros por pessoa. 70 euros caso opte por um copo de champanhe Ruinart. Porque é sabido que o ritual do chá não é só chá.

O Rosewood London tem 306 quartos. A The Mirror Room, onde é servido o chá, vale a visita por si só. Tem uma coleção de trabalhos 3D criados por Simon Bingle.

>> rosewoodhotels.com/en/london

Texto de João Ferreira Oliveira – Fotografias DR

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Partilhar