Numa era em que as fotografias de uma viagem são, na sua grande maioria, tiradas pelos smartphones – que hoje trazem câmaras de grande qualidade -, surgiu uma nova forma de visitar uma cidade e de a fotografar.

As câmaras Polaroid – aquelas que imprimem instantaneamente as fotografias – parecem estar outra vez na moda. Aliás, muitas marcas lançaram novos modelos nos últimos anos. A Sophort, uma empresa especializada em visitas guiadas, aproveitou esta tendência e criou uma «tour fotográfica Polaroid». Esta forma original de visitar as cidades tem como objetivo dar as ferramentas necessárias para «captar momentos inesquecíveis».

Se por um lado, algumas pessoas pensam que esta forma de fotografar os principais monumentos ou deixar marcados alguns momentos do passeio é um pouco antiquada, por outro, Thomas Preyer, um dos fundadores da empresa, considera que «ficar com uma recordação física no fim de uma tour é algo diferente e especial».

O facto de se ter apenas um rolo com um número limitado de fotografias faz com que os turistas pensem no que é realmente importante e naquilo que querem deixar registado.

Estas tours guiadas tiveram início em Viena, na Áustria, em 2013, e hoje existem em Graz (Áustria), Varsóvia, na Polónia, e em Roma, em Itália. Começando por uma pequena introdução à história da fotografia Polaroid, seguindo-se de uma explicação de como usar a câmara, as tours têm a duração de duas horas pela cidade.


Veja também:
Este artista desenha as cidades por onde passa em vez de fotografá-las
Destinos de viagem mais fotografáveis do mundo

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.