Viajar em grupo pode ser uma ótima experiência. Mas, por vezes, pode destruir uma viagem de sonho. Ter de cumprir horários e roteiros, e estar rodeado de pessoas com os mais diversos feitios e gostos pode tornar-se avassalador.

Há quem prefira viajar sozinho: não é preciso dar justificações a ninguém e cada um decide onde quer ir e quando.

Apesar de os monumentos ditarem – quase sempre – o itinerário de uma cidade europeia, a verdade é que a forma como cada um encara os mais variados pontos turísticos é que tornará uma viagem realmente inesquecível.

Rachel Chang, jornalista que colabora com a Travel + Leisure, dá algumas dicas para os viajantes que decidirem aventurar-se sozinhos. A Europa é o continente perfeito para viajar sem companhia. Quando escolher o seu próximo destino europeu, há que ter em conta se prefere uma cidade maior, com um sistema de transportes públicos simples e eficaz – que o ajudarão a conseguir conhecer mais locais -, ou uma cidade mais pequena, que seja fácil de visitar a pé.

Para além disso, deverá considerar se procura relaxar e descansar num sítio calmo, ou se quer divertir-se num lugar animado. E, claro, deve ter em conta que, mesmo nas localidades com menos criminalidade, poderá haver assaltos. Por isso, apesar de a maioria das cidades na Europa serem seguras, é preciso ter cuidado quando viaja sozinho.

Rachel Chang escolheu as 14 cidades europeias perfeitas para viajar sozinho. Conheça-as na nossa fotogaleria.


Veja também:
Melhores destinos para viajar sozinho com base nos signos
12 destinos para viajar em maio

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.