Lusa

A SATA pretende «crescer 21% este ano na procura no mercado canadiano», face a 2016, e transportar cerca de 128 mil passageiros entre o Canadá e Portugal, disse hoje à Lusa Carlos Botelho, administrador da Azores Airlines Vacations.

«Em 2017, a Azores Airlines planeou operar mais 40 voos (20 frequências) entre o Canadá e Portugal. Adicionalmente, introduziu uma aeronave de maior capacidade na rota, o A-330 em vez do A-310, o que se traduz num crescimento significativo da oferta», afirmou o responsável pela empresa canadiana do grupo SATA.

A transportadora aérea açoriana está no Canadá há 30 anos e até ao final deste ano estima transportar aproximadamente 128 mil passageiros entre o Canadá e Portugal, através de um voo diário, de Toronto e Montreal (às quintas-feiras) para Ponta Delgada e Terceira (Açores) e Porto e Lisboa.

Nesse sentido, Carlos Botelho disse que a empresa pretende promover o mercado dos Açores e a Azores Airlines dentro e fora da comunidade portuguesa no Canadá.

«O principal desafio que temos é promover o mercado dos Açores e a Azores Airline dentro e fora da comunidade portuguesa. Acima de tudo, temos de tentar ser competitivos, dar a conhecer a nossa imagem e marca, tendo sempre junto a nós os Açores», acrescentou.

O administrador disse que a Azores Airlines «mantém a aposta no mercado canadiano, onde pretende continuar a crescer de forma sustentada», até porque Portugal é cada vez mais um destino turístico para os canadianos. A prová-lo está o «aumento considerável de passageiros provenientes do Canadá que viajam para os Açores», destacou.

O regresso da TAP ao mercado canadiano não assusta Carlos Botelho, que promete «muito trabalho», pois «não há que ter receio da competição». «O Canadá dá para todos, o mercado é vasto, há um grande desconhecimento do Continente e dos Açores», disse.

Atualmente, estão a operar para Portugal, desde Toronto, quatro companhias, a Air Canada (Rouge), a Air Transat, a Azores Airlines e a TAP.

Oficialmente, há 429 mil portugueses e lusodescendentes no Canadá (censos 2011), mas calcula-se que existam cerca de 550 mil, estando a grande maioria localizada na província do Ontário. Estima-se que entre 60% a 70% sejam de origem açoriana.

Lusa


Veja também:
SATA inaugura voos entre Açores e Cabo Verde
Emirates cortam voos para Luanda