Das praias do sul às serras do norte, das aldeias típicas do interior ao bulício das cidades do litoral, os portugueses percorreram cada quilómetro do nosso país pela objetiva dos participantes do concurso “Portugal Sem Tripé”.

Durante dois meses, a Huawei desafiou os portugueses a encontrar a “Melhor Fotografia de Portugal”, numa competição que se dividiu em duas fases: primeiro, foram escolhidas sete fotografias das sete regiões de Portugal entre mais de 36 mil que foram colocadas na plataforma “Portugal Sem Tripé”; de seguida, os autores das sete finalistas receberam um Huawei P10, um workshop com dois fotógrafos profissionais (Luís Mileu e Isabel Saldanha) e tiraram mais de 300 fotografias com o novo produto-estrela da Huawei. Através de votos nas redes sociais, e da avaliação do júri da Huawei, a “Melhor Fotografia de Portugal” foi eleita finalmente, a 31 de julho.

A fotografia eleita foi tirada por Vítor Aguiar numa visita ao Cabo de S. Vicente, em Sagres, no Algarve, e retrata o pôr-do-sol junto ao farol, num local considerado um dos mais belos em Portugal.

Vítor herdou a paixão pela fotografia do pai, que era fotógrafo amador e tinha um pequeno laboratório de revelação em casa. Nasceu em 1959, em Vila Nova de Foz-Côa, viveu em Luanda e estudou no Porto, cidade onde iniciou e manteve, durante 39 anos, a sua profissão como bancário. Desde que se reformou, há um ano, que prometeu a si mesmo publicar no Facebook uma foto por dia. Para onde quer que vá, a máquina fotográfica acompanha-o sempre.

Ser o autor da “Melhor Fotografia de Portugal” foi, “de certa forma, o realizar de um sonho”. O vencedor explicou que a sua paixão pela fotografia tem sido ampliada pelas possibilidades que o novo smartphone da Huawei lhe tem oferecido: “com a experiência que estou a ter com o Huawei P10, nunca mais peguei na DSLR. Irei publicar certamente mais fotos agora no Instagram. Estou fã de phone photography com o meu Huawei P10″.

Conteúdo Patrocinado