Lançado em 2008, o Airbnb mudou a forma de viajar e procurar onde ficar hospedado.

A plataforma online de reserva de alojamentos – que hoje em dia vale muitos milhões de euros – ajudou os proprietários de imóveis de todo o mundo a tornarem-se pequenos hoteleiros, permitindo que os hóspedes passem a noite num quarto ou aluguem toda a casa por determinado período. Além disso, ajudou os viajantes na hora de procurar onde ficar, apresentando alternativas aos hotéis, com uma boa relação qualidade-preço.

Poderá ser difícil saber quanto irá pagar em cada destino, já que as taxas variam bastante, mas uma nova pesquisa classificou os países europeus, dos mais caros aos mais baratos, segundo os preços dos alojamentos do Airbnb.

A aplicação de descontos Vouchercloud recolheu dados do site Airbnb, durante o passado mês de fevereiro, para fazer a média de cada país, tendo em conta uma estada para uma, duas e seis pessoas. Os resultados revelaram que Islândia (média de 123 euros), Suécia (90 euros) e Andorra (88 euros) são oficialmente os países mais caros da Europa.

Conheça, na fotogaleria acima, os países onde a média de preços do Airbnb é mais baixa e os países onde a média é mais alta.


Veja também:
Quanto ganha em média um anfitrião do Airbnb
10 casas de sonho no Airbnb a um preço acessível

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.