Ty Dalitz visitou 47 países sem apanhar um único voo e conta agora como o fez.

Inspirado pelos programas de televisão sobre viagens a que assistia durante a adolescência, o australiano Ty Dalitz decidiu viajar pelo seu país depois de acabar a faculdade. A aventura de autocaravana deveria demorar seis meses – mas acabou por durar três anos. «Comprei uma autocaravana e decidi visitar a Austrália. Era suposto viajar apenas durante seis meses, mas acabei por fazê-lo durante três anos. Quando terminei a viagem, fiquei apaixonado pela liberdade proporcionada pelo estilo de vida que estava a ter. Senti então que queria viajar para fora do meu país. Não sei bem quando foi que decidi que o faria sem apanhar um único avião, pois aconteceu naturalmente. Sabia que queria um desafio e uma verdadeira aventura, não apenas umas férias», contou Ty ao Lonely Planet Travel News.

Viajou da Austrália até ao Sudeste Asiático e dali para a China, Mongólia, Rússia e Europa. «Passei bastante tempo no leste da Europa, atravessei o Círculo Polar Ártico na Finlândia, fui até à Turquia. Depois fiquei algum tempo em Itália, França e Espanha, até que segui para Londres antes do Natal passado». Depois, Ty encontrou um barco à vela que precisava de ser entregue nos EUA, e conseguiu juntar-se à tripulação que o levaria até ao seu destino.

Primeiro, atravessaram o Atlântico através do Canal do Panamá, e depois subiram a costa oeste do México, antes de se dirigirem para San Diego. Ty passou seis meses e meio a morar no barco, tendo navegado aproximadamente 15 mil milhas náuticas.

O facto de ter criado a regra de não andar de avião proporcionou-lhe experiências inesquecíveis. «Aprendi que o mundo está cheio de oportunidades infinitas para aqueles que são suficientemente sortudos e corajosos para deixar as suas zonas de conforto e explorá-lo».

Para a sua próxima viagem, Ty planeia acompanhar a próxima missão do barco que ajudou a navegar até ao continente americano. O navio servirá de apoio ao desafio mundial de Ben Lecomte, que pretende nadar do Japão até São Francisco.


Veja também:
Estudos dizem que viajar pode ser o segredo para uma vida mais longa
Viaja pelo mundo com um kilt escocês e uma gaita de foles

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.