A Alma Lusitana surgiu em abril, junto ao Portugal dos Pequenitos, e está apostada em ser mais do que uma loja de lembranças.

Quando se entra na Alma Lusitana, em Coimbra, é possível não avistar logo Daniel Mendes, que muitas vezes está para lá do balcão a fazer os cadernos artesanais da sua marca 1/1 na velha máquina de costura Oliva. Poder observar todos os passos da criação dos cadernos A5 e A6 (que em breve serão feitos com folhas perfumadas) é um dos brindes de loja-oficina onde só entram produtos portugueses, que harmonizem bem tradição e design.
O projeto é de um casal, Daniel e Sara Laranjeira. Ele queria um espaço para criar os cadernos; ela, uma loja que combinasse turismo e design. Por isso, além dos postais, porta-chaves e ímanes com andorinhas, azulejos ou elétricos, há também acessórios de moda, produtos para o lar e gourmet. «Quisemos trazer coisas diferentes, em que se notasse um cuidado com a qualidade e o design», explica Daniel, designer de comunicação e criador de artigos em papel. Na loja, encontram-se lápis pião da Viarco, peças de cerâmica da Laboratório d”Estórias, colares da Maria Menta, chapéus de palha By Stró, com fitas amovíveis inspiradas nos palheiros da Costa Nova, chocolates de vinho da Cacao DiVine e ainda cerveja artesanal Maldita.
A decoração da loja inclui um telefone antigo, só com quatro teclas, oferecido por uma vizinha a Sara Laranjeira, que o usava nas suas brincadeiras de miúda. Mas esse, ao contrário de tudo o resto na Alma Lusitana, não está à venda.

Alma Lusitana
Rua António Augusto Gonçalves, nº 5, Coimbra
Horário.: De segunda-feira a domingo, das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00. Só fecha na manhã de segunda-feira
Tel.: 913 626 292

O QUE LÁ SE VENDE

O MAIS BARATO

O variado leque de preços da loja começa nos 60 cêntimos. É quanto custa cada postal dos mais pequenos, com design de Daniel Mendes.

O MAIS CARO

As capas para livros da marca Noise Goods, de pele e burel, estão disponíveis em dois tamanhos, nas cores azul índigo e avelã. A mais pequena custa 80 euros e a maior 100.

O MAIS CARACTERÍSTICO

As gaiolas para pássaros feitas à mão com madeira e arame, sem pregos, são um sucesso. O autor é António Serrano, tio de Daniel Mendes. Como levam três a quatro semanas a fazer, nem sempre se encontram na loja, mas podem ser encomendadas. Espelham bem o lema da Alma Lusitana: juntar design e tradição. Custam 50, 60 ou 70 euros (pequeno, médio ou grande).

Texto de Carina Fonseca
Artigo da revista Evasões - grátis à sexta-feira com o Diário de Notícias e Jornal de Notícias