Chegámos hoje à nossa 250.ª edição. São 250 revistas publicadas em mais de vinte anos.

Edição especial

250 destinos de sonho

Chegamos hoje à nossa 250.ª edição. São 250 revistas publicadas em mais de vinte anos. Foram milhares de destinos que acompanharam as férias e os sonhos dos portugueses – e de todos os que falam português. Durante estes anos acompanhámos tendências, fomos em busca das melhores histórias, que é também disso que se faz a viagem, descobrimos o que ainda era considerado segredo. E não olhámos a geografias – fomos tão longe quanto os horizontes nos permitiam e até mais além.
Este mês fazemos uma edição diferente. Reunimos todo este saber – e os profissionais que têm feito da Volta ao Mundo a sua revista de viagem preferida – e escolhemos, em conjunto, os 250 destinos onde tem mesmo de ir… antes de morrer, como diz o famoso livro. Não são só destinos no sentido de lugar para ir de férias. Fomos mais longe e selecionámos os pormenores que fazem a diferença. Outras coisas que valem viagens.
Que tal beber um cocktail especial num dos bares mais bonitos, imaginativos e chiques do mundo? Ou ir apreciar vistas do topo daquele promontório em cima de um desfiladeiro? Em todas as cidades há uma rua que deve percorrer demoradamente – porque é aí que se sente melhor o seu pulsar. Escolhemos as seis que não pode mesmo perder – nas cidades mais cativantes. O mesmo para os mercados. Não há melhor lugar para conhecer hábitos e formas de vida – muito se pode dizer de um povo através do que ele come. Aqui estão os 15 que preferimos, no mundo inteiro. Também ninguém disse que não pode preparar as suas próximas férias todas em torno de um dos spots para mergulhar que sugerimos e onde, por uma razão ou outra, pode ver um dos melhores cenários subaquáticos. Parques naturais onde perder-se.
O objetivo é, mesmo que não leia de uma ponta à outra esta revista, que a guarde e faça dela a sua bíblia para as próximas férias. Ou, já agora, para quando quiser sonhar simplesmente – e não tem sido essa a função da Volta ao Mundo durante todos estes anos?

Catarina Carvalho, diretora
catarina.carvalho@voltaaomundo.com.pt