SP34
Copenhaga, Dinamarca

No antigo bairro latino, o novo boutique hotel é já um dos hotspots. Possui 118 quartos, modernos e funcionais, que tal como o resto do espaço têm uma decoração minimalista. Assume a forte ligação ao mundo do design, com um ambiente descontraído. O pequeno-almoço é orgânico e, entre as cinco e seis da tarde, o vinho é por conta da casa. Há dois restaurantes, dois bares, um ginásio, cinema privado, terraços e um jardim. Preço: desde 195 euros por noite, em quarto duplo
brochner-hotels.dk

Alma Histórica Boutique Hotel
Montevideu, Uruguai

Fazia falta à cidade um hotel assim. No centro histórico, o edifício dos anos 1920 tem 15 quartos, cada um deles inspirado em personagens da cultura uruguaia. Um dos grandes destaques é a biblioteca, semelhante às salas das casas antigas de Montevideu – para ler, ver televisão ou conversar. No pequeno terraço no cimo do hotel há espaço para um jacuzzi e uma sala de massagens. Preço: desde 155 euros por noite, em quarto duplo.
almahistoricahotel.com

La Réserve
Paris, França

Num edifício histórico de 1854, a um quarteirão dos Campos Elísios, a elegante mansão foi recuperada (em todo o esplendor da Belle Époque) transformando-se num requintado boutique hotel com quarenta quartos. Na verdade, há mais suites do que quartos. Possui também uma biblioteca, sala de fumo, piscina interior (coisa rara em Paris), adega de vinhos em todas as suites, pátio interior e spa. Preço: desde 1000 euros por noite, em quarto duplo.
lareserve-paris.com

The Ludlow
Nova Iorque, EUA

Localizado num quarteirão animado da zona de Lower East Side, mantém o estilo industrial, mas com um design contemporâneo. Grandes janelas, tetos altos e terraços com vista sobre a cidade são algumas das razões que o tornam especial. Em poucos meses o restaurante (Dirty French) transformou-se numa morada obrigatória. Tem 184 quartos. Preço: desde 245 euros por noite, em quarto duplo.
ludlowhotel.com

Aman Tóquio
Japão

É o primeiro hotel de cidade da cadeia Aman, mais conhecida pelos resorts em localizações exóticas. Modernista, mas inspirado nas casas tradicionais japonesas, o hotel ocupa os seis andares de cima (a partir do 38.º) da Torre Otemachi, o que garante que todos os pisos tenham uma vista espetacular sobre a cidade, em especial para os jardins do Palácio Imperial. Num dia de boa visibilidade é possível ver o monte Fuji. Tem 84 quartos e dentro da tradição Aman, um spa de luxo que ocupa dois dos andares. O edifício possui ligação direta à estação de metro, o que torna as deslocações muito fáceis. Preço: desde 685 euros por noite, em quarto duplo.
amanresorts.com