A renovação deste hotel junto a Moncarapacho tornou-o mais português, assumindo as caraterísticas de construção do Sul do país.

Um hotel no Algarve

Quem o viu e quem o vê. A mudança salta à vista: da decoração ao conceito, sem esquecer a gestão, entregue à DHM (Discovery Hotel Management) que é também responsável por hotéis como o Praia Verde (Algarve) e o Furnas (Açores) Boutique Hotels. Vila Monte Farm House, de portas abertas desde julho, sucede a Vila Monte Resort, o que implicou uma remodelação de cinco milhões de euros e a reconversão de toda a sua área de construção e espaços envolventes (especial destaque para os jardins rústicos).

Assente em Moncarapacho, perto de Olhão e de Tavira, a nova versão apresenta-se assumidamente mais campestre e algarvia, dando ênfase ao uso da cal branca, das açoteias, das treliças das chaminés recortadas, deixando para trás a inspiração mourisca. Isto porque a ideia é proporcionar — do alojamento à restauração, dos serviços às atividades — um maior grau de imersão local e uma experiência acima dos padrões na região que poderá incluir idas ao mercado ou pescaria na ria Formosa.

A inspiração marroquina deu lugar a um estilo boémio e chique.

 

A intervenção do arquiteto Jorge Guimarães e da designer de interiores Vera Iachia, conhecida internacionalmente por projetos públicos e particulares em lugares como a Comporta, revelou-se bastante certeira para reinterpretar a essência algarvia, conferindo-lhe uma sofisticação despojada ao melhor estilo boho-chic (de influências boémias e hippies).

Além dos 55 quartos, distribuídos por quatro edifícios separados por pátios, escadarias e alpendres, o Vila Monte conta com duas piscinas exteriores, dois restaurantes (outra novidade é a possibilidade de reservar a mesa do chef Adérito de Almeida, junto à horta, para uma degustação mais personalizada), court de ténis, ginásio, um spa (por concluir) e uma espécie de mercearia gourmet na receção — onde estão expostos e à venda vários produtos usados na decoração, como seja os panos da Futah e da Anti‑Mosquito, as cerâmicas João de Deus, as facas Ivo Cutelarias, os tachos de ferro Chasseur, as mantas da Burel Factory ou ainda as tábuas de cozinha desenhadas pela dinamarquesa Muubs. Inspiracional é a palavra de ordem, até na hora de ir à praia — à falta de acesso direto ao mar, o Vila Monte providencia transfer para uma praia praticamente deserta do Sotavento. Melhor, só de encomenda.

Texto de João Miguel Simões - Fotografias de Diana Quintela/Global Imagens