Dança dos dervixes
Turquia

Conhecida no Ocidente como a Dança dos Dervixes, a cerimónia Sema é um culto praticado sobretudo em Istambul e Konya, por religiosos islâmicos membros da ordem sufista Mevlevi. No decurso da meditação os dervixes entram em transe, rodopiando sem parar horas a fio.

Fado
Portugal

A voz imortal de Amália, acompanhada pela guitarra portuguesa, será sempre o melhor representante do fado. Resultou do desenvolvimento, nos bairros populares, a partir do início do século XIX, de uma música e dança que combinam géneros oriundos dos ritmos afro-brasileiros e das tradições rurais portuguesas.

Gastronomia francesa
França

Já era considerada a melhor culinária do mundo, mas só em 2010 foi reconhecida como Património da Humanidade. A UNESCO sublinha a dimensão comunitária da arte de «bem comer» e «bem beber» e a sua importância para o reforço dos laços familiares e sociais, bem como para a preservação da memória coletiva.

Tango
Argentina e Uruguai

Corbis

A mistura de elementos europeus, africanos e nativos na bacia do rio da Prata deu origem a uma identidade cultural específica, manifestada na música e na dança desenvolvidas tanto na margem argentina como na uruguaia. Os dois países partilham a distinção atribuída pela UNESCO.

Teatro de Sombras Chinesas
China

Ren Xiaogang/Xinhua Press/Corbis

Uma representação teatral única, com base em silhuetas recortadas em papel ou cabedal que criam a ilusão de imagens em movimento, projetadas num ecrã de tecido translúcido, iluminado por trás. O artista manipula, em simultâneo, várias marionetas, canta em falsete e toca diferentes instrumentos musicais.

Flamenco
Espanha

DR

Mais do que um espetáculo apresentado num tablao, o flamenco é a expressão de toda a paleta de sentimentos da alma humana, da dor ao prazer, passando pela tristeza, o medo ou a alegria. Manifestação cultural por excelência da Andaluzia, é dançado, tocado e cantado de forma genuína em todo o Sul de Espanha, com destaque para as comunidades ciganas.

Washoku
Japão

O Washoku não é apenas a refeição tradicional que celebra o Ano Novo no Japão: é todo um conjunto de práticas envolvendo a produção, preparação e consumo de alimentos a partir de ingredientes locais, com destaque para o arroz, o peixe e vegetais, numa dieta que partilha os valores culturais da comunidade.