A companhia aérea pública da Arábia Saudita completa na segunda-feira o primeiro voo comercial para Bagdade desde 1990, no âmbito da aproximação política com o Iraque, anunciou a imprensa estatal saudita.

A companhia Saudi Arabian Airlines vai «inaugurar os voos regulares entre o reino (saudita) e o Iraque, depois de uma interrupção de 27 anos», divulgou hoje a agência de notícias oficial saudita, SPA.

«Este retomar dos voos ilustra as ligações crescentes entre os dois países irmãos», acrescentou a agência. O voo partirá de Jeddah, a oeste da Arábia Saudita.

A Arábia Saudita tinha rompido as relações diplomáticas com o regime de Saddam Hussein em 1990, na sequência da invasão iraquiana do Koweit. Depois da intervenção dos Estados Unidos no Iraque, em 2003, que derrubou Hussein, as relações entre os dois países tornaram-se mais complicadas, com uma Arábia Saudita maioritariamente sunita e governos iraquianos de maioria chiita e próximos do Irão.

A situação mudou após uma recente série de visitas de responsáveis dos dois países a Bagdade e a Riade, bem como a abertura, pela primeira vez em 27 anos, de um posto de fronteira entre os dois países. No passado dia 18 a companhia aérea saudita low cost Flynas já tinha feito o primeiro voo entre Riade e Bagdade.

Lusa

Beijing Capital Airlines está a recrutar em Portugal


Veja também:
9 companhias aéreas anunciaram inquéritos de segurança em voos para os EUA
Este é o lugar no avião para ter o melhor serviço durante o voo