A Ryanair anunciou hoje, 7 de novembro, que vai alargar o seu serviço de voos de ligação ao Aeroporto de Sá Carneiro, no Porto, a partir de 3 de janeiro de 2018.

Este novo hub (centro de ligações de voos), que se segue ao de Roma Fiumicino e Milão Bergamo, em Itália, vai permitir aos clientes da Ryanair mais opções de rotas, e a oportunidade de ter apenas uma reserva e fazer a passagem direta entre voos de ligação da companhia aérea.

O Porto vai passar, assim, a garantir conexões a 20 destinos e será a escala de voos com partida de Lisboa, Faro, Ponta Delgada e Terceira.

Estes passageiros terão, então, apenas uma referência de reserva para ambos os voos, e não terão de passar outra vez pela segurança, fazendo a passagem dentro do «airside» (espaço dentro da segurança aeroportuária). Além disso, o check-in de bagagem vai ser feito apenas no aeroporto de origem, sendo esta depois recolhida no aeroporto de destino final.

A notícia foi dada no Web Summit, em Lisboa, por Kenny Jacobs, Chief Marketing Officer da Ryanair. «Para celebrar o lançamento dos voos com conexão, lançámos 10 mil lugares em promoção com origem no Aeroporto do Porto, a partir de apenas 9,99 euros, para viagens entre novembro de 2017 e janeiro de 2018, disponíveis para reserva até à meia-noite de sexta-feira (10 de novembro)», anunciou.


Veja também:
Tem este código no cartão de embarque? Cuidado
Este é o maior erro que se comete com o cartão de embarque