Há parques temáticos e depois há parques como o Fico Eataly World, que inaugura neste mês de novembro, dia 15, em Bolonha. É o maior parque de gastronomia do mundo.

Numa notícia sobre comida pode soar estranho começar pelos números, mas aqui torna-se incontornável, tal a dimensão da proposta: cem mil metros quadrados de recinto; dois hectares de campos e estábulos com mais de duzentos animais; quarenta produtores agrícolas onde se poderá observar como se produz e processa carne, queijo, pasta, azeite ou cerveja; trinta eventos e cinquenta masterclasses por dia; uma zona educativa, um mercado e mais de quarenta restaurantes.

E não, ao contrário da maioria dos parques temáticos, não se trata de restaurantes de fast food. Há pizza, naturalmente, e alguns quiosques de comida de rua, mas sobretudo bistrots, trattorie… em suma, restaurantes de comida italiana, independentemente da terminologia.

Se bem que o objetivo não seja apenas divulgar os sabores transalpinos, mas sim proporcionar toda uma experiência educativa sobre a biodiversidade e os diferentes métodos de produção. Tudo feito para que os visitantes passem ali o dia inteiro, num percurso que pode ser feito a pé, de bicicleta ou acompanhado por um dos embaixadores da casa. A entrada é grátis.

Web: eatalyworld.it

Texto de João Ferreira Oliveira – Fotografias Direitos Reservados

Cidade em Itália paga 2.000 euros a quem se mudar para lá


Veja também:
19 praias mais bonitas de Itália
Milão: roteiro da cidade da moda, do design e automóveis

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.