Itália é famosa pela sua gastronomia, o berço da pizza e do gelato, da pasta carbonara ou bolognese.

Sendo um destino conhecido por se comer bem, não é de estranhar que também as frutas e legumes que compõem os seus manjares divinais sejam, por si só, de encher o olho. Assim se percebe porque é que visitar os chamados Mercatos Rionales (mercados regionais) em Roma se tenha tornado uma experiência obrigatória para qualquer visitante.

Percorrer as ruas de um mercado municipal na capital de Itália é uma explosão de cinco sentidos, única e incomparável aos mercados de outras cidades. É que os italianos não procuram nada menos do que o verdadeiro expoente da cor e do sabor, para preparar em suas casas ou restaurantes as iguarias que os tornaram famosos.

Um dos maiores mercados de Roma é o Mercato Rionale Trionfale, que fica perto do Vaticano. Este também é um dos mais famosos. Fruta, legumes, carne, peixe, massa. Neste mercado há de tudo um pouco e nada desilude. O mercado ao ar livre de Campo de Fiori, no centro da cidade, oferece uma experiência diferente, mais natural e simples. Tem a vantagem de contar com pequenos restaurantes à volta, onde se pode degustar uma fantástica refeição – cujos ingredientes terão saído, com certeza, do mercado.

Os Mercatos Rionales são, por excelência, os lugares onde se encontram os produtos mais frescos e melhor seleccionados, onde tanto público comum como responsáveis de restaurantes preferem fazer compras. Encontra-se também pão, frutos secos e pequenos snacks que são ideiais para levar num passeio pela cidade.

Não faltam, claro, as bancas de presunto, ou prosciutto, pelo qual se sabe que os italianos são especialmente fãs. Também há bancas de vinho, que ficam armazenados em tonéis e são vendidos ao litro.

Em Roma, alguns mercados regionais são também “feiras da ladra”, com bancas de antiguidades. O Mercado de Porta Portese é um dos mais famosos deste estilo, especialmente pela sua pitoresca localização. Como o próprio nome indica, a entrada fica numa porta romana, que impressiona logo à chegada.

Percorrer as ruas de um mercado municipal na capital de Itália é uma explosão de cinco sentidos, única e incomparável aos mercados de outras cidades.

O Nuovo Mercato Esquilino é outro dos mercados mais conhecidos por juntar legumes e frutas à venda de velharias. É um mercado típico e bastante concorrido pelos locais, por ser um dos mais económicos. Vendem-se aqui produtos produzidos nas proximidades da cidade, a pelo menos metade do preço em relação aos supermercados. Um dos destaques neste mercado é o queijo, pois podem encontrar-se aqui os mais variados tipos de queijo italiano.

Além das incríveis fotografias que se podem tirar nestes locais, a visita vale a pena também pelo seu valor histórico. Os Mercatos fazem parte da História de Roma, derivam dos primórdios dos mercados medievais e a sua dinâmica tem sido mantida ao longo dos anos, quase inalterável. Passar ao lados dos Mercatos é ignorar um dos maiores legados da Roma Antiga.

Reserve já a sua viagem!

Partilhar