Há um alojamento exclusivo para mulheres prestes a abrir numa ilha da Finlândia. O objetivo é servir de retiro de bem-estar, só entre mulheres e «longe de homens e da testosterona».

Kristina Roth é a fundadora deste projeto e vem dar seguimento ao seu trabalho desenvolvido através da SuperShe: uma comunidade que pretende conectar mulheres de todo o mundo. A ideia da ilha SuperShe, garante Kristina Roth ao New York Post, é as mulheres focarem-se em si e não estarem sempre preocupadas por estarem bonitas para agradarem o sexo masculino.

Para quem visitar a ilha, há 10 bungalows onde ficar a dormir e atividades para entreter durante os dias: aulas de culinária e fitness, assim como yoga e meditação, sempre rodeadas pela natureza. As reservas abrem em julho e os preços ainda não estão determinados.

A empresa diz que «as mulheres precisam de passar mais tempo umas com as outras» e que «estar de férias com os homens pode ser cansativo». Pretendem que a ilha seja «rejuvenescedora e um espaço seguro, onde possam passar uns dias sem distrações», um género de santuário.

25 destinos românticos para ir na Europa


Veja também:
Destinos e cuidados a ter para quem viaja sozinho
Este é o país menos visitado da Europa – e um dos mais pequenos

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.