E se lhe dissermos que há uma cópia da capital francesa no outro lado do mundo? Chama-se Tianducheng e fica nos subúrbios de Hangzhou, uma das principais metrópoles da China.

Há uma imitação da Torre Eiffel, de estátuas, a recriação de quarteirões com edifícios de arquitetura parisienses e até dos Jardins de Versailles.

O fotógrafo Francois Prost (@francoisprost), natural de Paris, curioso pela cópia da sua cidade a 15 mil quilómetros de distância, viajou até ao destino para registar tudo. Produziu uma série de fotografias, “Paris Syndrome”, como conta à CNN, para comparar os dois locais, revelando as semelhanças e as diferenças. Até porque uma imitação chinesa nem sempre é muito bem feita…

Há 10 anos, quando foi pensada e criada por uma empresa de imobiliária de luxo, começou por ser uma cidade-fantasma. Era mais um exemplo de especulação que falhou. As ruas estavam vazias, as lojas fechadas, os apartamentos por ocupar. E assim foi durante os primeiros anos, numa cidade projetada para viverem cerca de 10 mil pessoas.

No entanto, o interesse mudou com incentivos do governo e com o aparecimento de transportes públicos, tais como o projeto da construção de uma linha de metro para ligar Tianduchen ao centro de Hangzhou, como conta o jornal canadiano The Globe and Mail. A vontade de ali viver passou a ser visto como uma boa escolha.

Em Tianducheng agora vivem, sobretudo, pessoas da classe média e já há comércio nas avenidas largas e bem arranjadas. A população atingiu os 30.000 habitantes (2017) e continua a crescer. Afinal, quem não quer um apartamento em Paris?

N.M.G.

Estas são as reclamações mais insólitas dos turistas: não dá para acreditar


Veja também:
Esta é a verdade sobre a comida servida a bordo dos aviões
25 destinos românticos para visitar na Europa

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.