É viciado no telemóvel ou no tablet? Gosta de fotografar todos os momentos das suas férias?

E se as horas gastas a olhar para o telemóvel pudessem ser aproveitadas de uma forma mais produtiva?

De acordo com os hotéis do grupo Wyndham, 54% das crianças acreditam que os pais olham para os seus telemóveis «demasiadas vezes», e 32% disseram sentir-se «sem importância» quando os pais estão distraídos com os telefones.

No fim de fevereiro, o grupo Wyndham Hotels and Resorts vai lançar um programa que oferece descontos às famílias, em troca de deixarem de parte os seus telemóveis.

«Temo-nos deparado com vários pais que largam as famílias para uma conferência rápida pelo telefone no lobby do hotel, e alguns hotéis tiveram mesmo de pedir cadeiras de piscina extra, já que os hóspedes nadam menos e passam mais tempo sentados ou deitados nas espreguiçadeiras a olhar para os tablets ou telemóveis», afirmou à Travel + Leisure, Noelle Nicolai, que desenvolveu a iniciativa Wyndham.

A hotel vai, assim, oferecer um desconto de cinco por cento aos hóspedes que optarem pelo programa «Reconnected» em alguns hotéis Wyndham Grand (Clearwater Beach, Orlando Bonnet Creek, Chicago Riverfront, Hotel Galvez e The Mills House). A oferta está disponível de 23 de fevereiro a 3 de setembro.

Os hóspedes receberão uma caixa de segurança para guardar os seus smartphones. A caixa possui um temporizador e não será aberta até que o tempo agendado acabe.

A iniciativa pretende focar-se nas «brincadeiras não digitais para as crianças», conta Nicolai. Os hóspedes irão também encontrar um castelo feito de lençóis para as crianças e uma câmera Instax. Há também um menu de serviço de quarto chamado «Bedtime Brigade», para as famílias partilharem enquanto – quem sabe – leem histórias debaixo do forte.

Este é o melhor hotel do mundo e só custa 78 euros por noite


Veja também:
Os objetos mais estranhos deixados nos quartos de hotel
Mitos sobre os hotéis em que todos acreditam