Já alguma vez se questionou sobre o porquê de o passaporte português ser de uma cor, o da Indonésia e do México, por exemplo, serem de outras duas cores? Por que razão há passaportes vermelhos, bordeaux, azuis-turquesa, verdes marinho ou roxos?

De acordo com Hrant Boghossian, vice-presidente do Arton Group, que administra a base de dados interativa do site Passport Index, a cor de cada passaporte nacional é derivada de apenas quatro cores principais: o vermelho, o verde, o azul e o preto.

As regras que determinam a forma como os passaportes devem ser (incluindo o tamanho e o formato) são emitidas pela Organização Internacional de Aviação Civil (ICAO). Mas, os governos de todo o mundo podem escolher a cor e o design do documento nacional, existindo «muitos cenários possíveis» para explicar a razão para ser de uma determinada cor.

Os passaportes dos países da União Europeia (UE) tendem a ser bordeaux, enquanto os Estados da Caricom (Caribbean Community and Common Market) costumam usar o azul, que pode ser por razões geográficas ou políticas.

«Há quem diga que o vermelho bordeaux tem a ver com uma história comunista do passado», disse o Hrant Boghossian. Já os passaportes azuis podem ser um símbolo do «Novo Mundo» para os países da América do Norte, América do Sul e Oceania.

«O passaporte da Turquia mudou para bordeaux, pois o país espera vir a juntar-se à UE», afirmou.

Para outros, a cor do passaporte pode ser religiosamente significativa, como em países muçulmanos, como Marrocos, Paquistão e Arábia Saudita, que têm passaportes em diferentes tons de verde. «A maioria dos estados islâmicos usa passaportes verdes por causa da importância dessa cor para a sua religião», disse Boghossian.

Acredita-se que o verde foi a cor preferida do Profeta Muhammad e é «um símbolo da natureza e da vida», surgindo nas bandeiras nacionais de países islâmicos como o Afeganistão e o Irão.

Outros estados escolhem a cor como forma de se distinguirem e refletirem a sua identidade – é o caso da Suíça, cujo passaporte é vermelho vivo. Singapura tem uma cobertura brilhante entre o cor de laranja e o vermelho, enquanto que o passaporte temporário do Canadá, usado por viajantes que precisam de documentos de viagem de emergência, tem uma capa branca.

Os Estados Unidos viram o seu passaporte mudar de cor várias vezes, desde vermelho para verde e agora azul.

Conheça, na fotogaleria acima, os passaportes mais poderosos do mundo.

15 city breaks na Europa para ir em 2018 – e fugir aos principais destinos


Veja também:
14 destinos surpreendentemente baratos para ir em 2018
Estes são os melhores países do mundo em 2018

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.