Lisboa deixou de estar no top 10 das melhores cidades para os millennials viverem. No ranking deste ano, a capital portuguesa desce 14 posições, continuando, ainda assim, no top 20.

O Nestpick, motor de busca alemão de apartamentos em diferentes cidades – lançou o estudo sobre os melhores locais para os millennials viverem em 2018. Para decidirem quais as melhores cidades, foi necessário responder a quatro grandes questões: existe trabalho disponível? As pessoas conseguem ter uma boa qualidade de vida? A cidade é aberta e tolerante? E, finalmente, é divertida?

Dos critérios usados para avaliar as 110 cidades que surgem no ranking, fazem parte a velocidade da internet, a classificação da vida noturna, a igualdade de género, a empregabilidade, a tolerância à imigração, entre outros.

Para uma cidade constar no topo da lista, deve ter uma estrutura de negócios próspera, ser acessível às necessidades dos jovens para sobreviver, ser um local tolerante e com espírito aberto, e oferecer oportunidades aos millennials para relaxar e sair com os amigos.

Conheça, na fotogaleria acima, as 10 melhores cidades para os millennials viverem em 2018 e em que lugar ficou Lisboa.


Veja também:
Millennials estão a viajar mais porque não conseguem comprar casa
Esta empresa organiza cruzeiros só para os millennials

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.