Já se questionou por que razão os aviões se encontram, na sua maioria, pintados de branco?

É mais barato
A primeira explicação é o facto de ser mais barato. «A tinta acrescenta entre 273 e 544 kg de peso a uma aeronave», disse um porta-voz da Boeing à Telegraph Travel. Peso extra significa que mais combustível é utilizado – e 544 kg equivalem a cerca de oito passageiros a mais.

As companhias aéreas levam a questão do peso muito a sério. Na década de 1980, por exemplo, Robert Crandall, ex-diretor executivo da American Airlines, afirmou que a companhia aérea tinha poupado cerca de 40 mil dólares retirando apenas uma azeitona de cada salada servida a bordo dos seus voos.

Além disso, a pintura custa dinheiro e, para pintar um avião, é necessária bastante tinta. «Aproximadamente 454 litros de tinta são usados num típico Boeing 747; 341 litros num 767; e 416 litros num 777», disse o porta-voz da Boeing. E reparar a pintura de um avião custa entre 41 mil e 163 mil euros.

Ainda para mais, as companhias aéreas acabam, muitas vezes, por vender as suas aeronaves a outras operadoras. Estas vendas seriam mais difíceis se o esquema de cor não fosse o branco.

Mantém o avião frio
Da mesma maneira que as roupas mais claras dominam os armários de verão por serem mais frescas, os aviões são pintados de branco para refletirem a luz do sol.

«A principal razão pela qual as aeronaves são pintadas de cores brancas ou claras é para refletir a luz solar, e minimizar o aquecimento e qualquer potencial dano causado pela radiação solar», disse R. John Hansman, professor de Aeronáutica e Astronáutica, ao Business Insider.

As peças do avião feitas de materiais plásticos e compósitos, como fibra de carbono e fibra de vidro, precisam da maior proteção possível contra o calor do sol. Portanto, partes como o «nariz» do avião, onde fica o radar da aeronave, e as superfícies de controlo, que são feitas de materiais compósitos, são geralmente pintadas de branco ou cinza claro, explicou R. John Hansman.

Controlo de danos
A cor branca da maioria dos aviões facilita a identificação e reparo rápido de qualquer ranhura, arranhões, derrames de óleo e outras falhas.

Procura e resgate
Depende de onde ocorre o acidente, mas, se um avião cair, um aeronave branca pode ser muito mais fácil de identificar a partir do ar, do que uma pintada com cores.

Redução de choques com pássaros
Segundo estudo dos Estados Unidos publicado no revista científica Human-Wildlife Interactions, em 2011, a visibilidade dos aviões pode ser reforçada por exteriores brancos ou de cores claras para que, dessa forma, possam ser mais facilmente evitados por pássaros.

O estudo analisou a correlação entre as taxas de choques com aves entre as diferentes companhias aéreas e os esquemas de cores das aeronaves, assumindo que «os esquemas de cores escuras poderiam reduzir o contraste entre as aeronaves e o fundo visível, e potencialmente reduzir a capacidade de as aves detetarem os aviões a tempo de evitar um choque.

No entanto, a Autoridade de Aviação Civil diz que não é menos seguro voar nos aviões pintados com cores fortes. «Não há requisitos do ponto de vista de segurança em relação aos esquemas de pintura de aeronaves», disse um porta-voz ao jornal britântico The Telegraph.

Veja, na fotogaleria acima, alguns dos aviões coloridos mais feios do mundo.

Companhias aéreas mais seguras para viajar em 2018


Veja também:
As melhores companhias aéreas de 2018: há surpresas
Os comportamentos que mais irritam as assistentes de bordo

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.