Hoje em dia, são raros os acidentes de avião – aliás, o avião é considerado um dos meios de transporte mais seguros do mundo. No entanto, é impossível negar que há companhias aéreas mais seguras do que outras.

Poucos sabem da existência de uma «lista negra» da União Europeia para companhias proibidas de voar no espaço aéreo europeu – mas não se preocupe, de certeza que não conhece nenhuma. No entanto, se olharmos para os registos de incidentes das companhias aéreas mais antigas do mundo, estes revelam que muitas delas são tão seguras que nunca tiveram um acidente fatal.

Considerando que a era da aviação começou nos anos cinquenta e sessenta, e excluindo os tempos em que as viagens aéreas comerciais eram uma novidade ainda perigosa, há várias companhias sem acidentes fatais.

A Southwest deixou de fazer parte desta lista, depois do acidente que provocou a morte de uma mulher. Segundo os passageiros, terá sido parcialmente sugada por uma janela danificada pelos destroços do motor que avariou e partiu em pleno voo.

A TAP teve um único acidente mortal desde que começou a voar, em 1945. O voo TAP Portugal 425 partiu de Bruxelas, a 19 de novembro de 1977, com paragem em Lisboa e com destino final o Funchal. O acidente ocorreu depois de uma tentativa de aterragem no Aeroporto de Santa Catarina, sob condições meteorológicas desfavoráveis. Até hoje, não houve registo de mais nenhum acidente fatal. Por este motivo, a TAP é considerada uma das mais seguras, já que passaram mais de 40 anos.

O The Telegraph enumerou algumas das companhias aéreas sem acidentes mortais mais conhecidas. Conheça-as na fotogaleria acima.

Companhias aéreas mais seguras para viajar em 2018


Veja também:
Esta é a verdade sobre a comida a bordo dos aviões
A razão por que os aviões são quase todos brancos

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.