A ilha de Boracay, nas Filipinas, fechou ao turismo no passado mês de abril para uma reabilitação profunda. Agora, cerca de um mês depois, foram divulgadas algumas imagens que mostram a transformação (magnífica) deste popular destino de férias.

A pedido de Rodrigo Duterte, presidente das Filipinas, Boracay – um ilha situada a cerca de 320 quilómetros a sul da capital do país, Manila – foi fechada aos turistas no final do mês passado. Na altura, o responsável decretou «estado de calamidade», por ter ficado indignado com as «violações ambientais» naquele local.

A reabilitação da ilha, que terá a duração de seis meses, exigiu a ativação de fundos de calamidade para ajudar os trabalhadores afetados pelo fecho da zona e envolveu ainda a demolição de partes da infraestrutura turística.

Agora, quase um mês depois do início do processo de reabilitação, foram reveladas algumas imagens que mostram o progresso das medidas tomadas nesta ilha localizada na região de Visayas, na província de Aklan. As imagens, captadas pelo fotógrafo Jack Jarilla, (@boracayphotographer) mostram que a ilha está a ficar um verdadeiro paraíso (veja a fotogaleria acima).

“Acredito que foi bom fechar a ilha para recuperarmos os dias de glória de Boracay”, afirmou Michelle Molano, gerente de eventos de um dos maiores resorts da ilha, ao site When in Manila. “O governo precisa de salvar Boracay e, com sorte, com todos os esforços, a ilha abrirá em breve”, acrescenta Molano.

Fotografias de Jack Jarilla

Filipinas fecham a ilha mais concorrida aos turistas


Veja também:
La Valeta: um destino a não perder em 2018
Número de turistas em Cabo Verde regista aumento no primeiro trimestre

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.