O mar está ali tão perto que quase se apanha a rebentação, não fossem as amplas vidraças que fazem o fundo da sala. Uma vista que tem o condão de abrir o apetite – em particular quando se sabe que, na carta do restaurante do hotel Farol, é o sushi que manda. Do lado de lá do balcão está Nuande Pekel, o surfista brasileiro que chegou a competir no circuito World Qualifying Series – e que tem hoje a sorte de ter todo este mar à mão de semear, pelo que é vê-lo sair de serviço e correr para a praia.

De faca na mão, Pekel tem à sua disposição a melhor matéria que o Atlântico lhe dá (ou a segunda melhor, se contarmos as ondas) e trabalha-a com alento e criatividade. Esse trabalho é visível – melhor ainda, saborável – no ceviche japonês que faz com salmão, atum e peixe-branco, coentros, citrinos, pimentos, molho kimuchi. No tiger roll que, aos rolinhos de arroz, junta salmão, manga e laranja. Ou nos toques pessoais que incorpora num «simples» prato combinado de sushi e sashimi – não faltam os hosomaki de salmão, nem o sashimi de peixe-branco, é certo, mas sobressai, pela surpresa, pela persistência do sabor, o sashimi de atum braseado, com um ligeiro toque de fumado.

Pekel está no Sushi Design desde a abertura, há três anos. Quer dizer, um e outro já lá andavam antes. O sushi era servido no bar Farol, e o brasileiro trabalhava no hotel. Em 2013, ambos conquistaram o seu espaço, quando o Farol decidiu apostar num restaurante com o melhor do Atlântico. Incluindo o chef mais cool que estas ondas já viram.

Sushi Design
Hotel Farol, Avenida Rei Humberto II de Itália, 7
Tel.: 214823490
Web: farol.com.pt
Das 12h30 às 15h30 e das 19h30 às 23h00. Encerra às segundas
Preço médio: 40 euros

Texto de João Mestre - Fotografias Direitos Reservados