O maior navio da Pullmantur Cruzeiros, o Monarch, elegeu a cidade de Lisboa para estrear a sua primeira visita à Europa, finalizando a sua temporada das Caraíbas.

A chegada do navio representa um impacto significativo económico para a cidade de Lisboa, uma vez que se estima um gasto médio de 62 euros por passageiro em cada escala que faz, valor que aumenta para 81 euros nos portos de embarque, como é o caso de Lisboa.

Com a chegada ao porto de Lisboa, hoje, 9 de junho, desembarcaram 2 mil pessoas para dar lugar a outras 2 mil que embarcam para uma viagem rumo ao norte da Europa: Vigo e Bilbao (Espanha), Doves (Londres, Reino Unido), Ijmuiden (Amesterdão), Copenhaga (Dinamarca) e Rostock (Alemanha).

O Monarch mede 267 metros de comprimento e nos seus 12 decks há bares, restaurantes, lojas, piscinas, hidromassagem, espetáculos de teatro, campo de basquetebol, spa e até uma pista de corrida.

A Pullmantur Cruzeiros é um grupo turístico com mais de 40 anos de experiência na indústria dos cruzeiros. Conta, atualmente, com uma frota de 4 navios, com capacidade diária para mais de 10 mil passageiros, chegando a 150 destinos. Navegam pelos mares do Mediterrâneo, norte da Europa e mares da América Latina.

O regresso do Monarch a Lisboa está previsto para o dia 19 de setembro de 2016.