Não há paredes nem teto. É apenas um «quarto» com uma cama de casal, algures nos Alpes suíços. A ideia é dos irmãos Frank e Patrike Riklin, artistas criadores do Null Stern Hotel («hotel sem estrelas») que aproveita o espaço de um antigo bunker nuclear na Suíça.

Este projeto é o oposto: um quarto (muito) arejado com todas as estrelas possíveis. Surgiu no âmbito do festival Art Safiental, mas não é apenas arte. É possível passar uma noite ao relento por cerca de 225 euros, se as condições meteorológicas o permitirem. Dependendo da adesão dos viajantes, querem replicar esta ideia por mais pontos nos Alpes: acordar dentro de um postal, sem nada nem ninguém à volta. A casa de banho está a 10 minutos a pé e a noite inclui serviço de pequeno-almoço levado à cama. E não há wifi.

Web: null-stern-hotel.ch

Por Nuno Mota Gomes - Fotografias Direitos Reservados