Austrália pondera proibir computadores portáteis nos voos

A Austrália está a avaliar a possibilidade de proibir computadores portáveis na bagagem de mão nos voos comerciais, de modo a prevenir ataques terroristas, como acontece nos Estados Unidos e Reino Unido, disse hoje o primeiro-ministro, Malcolm Turnbull.

“O Governo está ciente das mudanças que têm ocorrido, (…) estamos a analisar o assunto de perto. Qualquer anúncio será efetuado formalmente através do ministro dos Transportes”, disse Turnbull à imprensa.

O primeiro-ministro indicou que as autoridades australianas estão a trabalhar com as de outros países, mas não indicou que destinos seriam afetados pela medida.

As autoridades europeias e norte-americanas reuniram-se esta semana em Bruxelas para abordar o possível veto de Washington ao transporte na cabine de computadores portáteis em voos vindos da União Europeia.

O veto ao transporte destes equipamentos informáticos, vigente desde março, foi motivado por informações dos serviços de informação que indicam que grupos extremistas desenharam bombas que se camuflam em dispositivos eletrónicos e que são capazes de enganar os controlos de segurança dos aeroportos.

Lusa


Veja também:
O que nunca lhe disseram sobre os aviões
É assim que é feita a comida servida nos aviões