Das ideias mais surpreendentes às mais surreais, não faltou espaço para todas se mostrarem ao público, curioso, que por estes dias passou pela maior conferência de tecnologia do mundo.

Se para alguns visitantes a Web Summit é uma oportunidade para ouvir discursos inspiradores de alguns dos melhores profissionais da área, a cimeira é, também, uma oportunidade de empreendedores porem na montra as ideias inovadoras, projetos que apresentam soluções para problemas ou que, simplesmente, respondem a novas tendências de consumo.

O tema das viagens não podia faltar. Aliás, o mundo está constantemente a assistir a mudanças que a tecnologia traz: fazer o check-in através de um smartphone, descarregar aplicações com roteiros, conversar em chat com viajantes de outro canto do planeta, soluções de alojamento local. A lista é longa e a velocidade a que nos surpreende não dá sinais de abrandamento.

Entre as várias startups que estiveram presentes no evento tecnológico, destacamos 5 da área das viagens: entre elas há duas portuguesas, a vencedora e uma feminista.

Web Summit em números:
Segundo a organização, nesta segunda edição do evento em Portugal, participam 59.115 pessoas de 170 países, entre os quais mais de 1.200 oradores, 1.400 investidores e 2.500 jornalistas.

A cimeira tecnológica, de inovação e de empreendedorismo nasceu em 2010 na Irlanda e mudou-se em 2016 para Lisboa por três anos, com possibilidade de mais dois de permanência na capital portuguesa.

Por Nuno Mota Gomes

Estas são as fotos sem filtro do casal viajante mais famoso do Instagram

Veja também:
Fnac lança concurso para encontrar novo talento da fotografia
Companhia aérea europeia vai começar a pesar os passageiros

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Partilhar