Na era do digital somos invadidos cada vez mais por fotografias. As redes sociais são um vício e com elas nasceu a moda das selfies que hoje se encontram por todo o lado – Instagram, Facebook, Twitter, e mesmo colocadas em molduras nas paredes de casa. Agora nasceu um museu dedicado à arte das selfies.

O Museum of Selfies é o novo museu dedicado à «ciência, arte e cultura da auto-representação». Vai abrir já no mês de fevereiro, na Califórnia, Estados Unidos.

Situado em Glendale, um subúrbio a oito quilómetros de Los Angeles, o museu pop-up (estará aberto apenas de 17 de fevereiro a 17 de abril) pretende traçar a história do auto-retrato, que teve o seu início há mais de 40 mil anos, e do fenómeno das selfies – segundo o museu, são publicadas mais de 2,4 milhões de selfies por dia.

Com 743 metros quadrados, as instalações interativas do museu explorarão uma série de temas com uma «abordagem pedagógica e divertida», dando especial atenção às selfies de comida e às que são tiradas nos espelhos das casas de banho.

A exposição «highup- selfie» contará com um arranha-céus falso, onde as pessoas poderão subir para tirar uma fotografia vertiginosa no «terraço». O museu também terá uma série de obras originais de vários artistas de todo o mundo, que mostrarão uma «visão provocativa e criativa do fenómeno das selfies».

Além disso, o museu pretende explorar temas mais sérios através da exposição «narcisista», que examina o impacto negativo das selfies na vida das pessoas, bem como mortes e outros acidentes relacionadas com este tipo de fotografias.

«O relacionamento das pessoas com a arte mudou», disse ao Mashable Tair Mamedov, um dos fundadores do Museum of Selfies. «Hoje em dia, as pessoas não querem ser consumidores silenciosos, querem fazer parte da arte. Há muito mais selfies com a Mona Lisa do que as Mona Lisas reais».

O Museum of Selfies, onde as entradas terão um custo de 25 dólares (cerca de 20,80 euros), não é o primeiro a explorar as selfies como uma forma de arte. Em Londres, a exposição «From Selfie to Self-Expression», da galeria Saatchi, também apresentou vários auto-retratos famosos, de Vincent van Gogh, Tracey Emin e Rembrandt, a selfies de celebridades como Barack Obama, David Cameron e Benedict Cumberbatch.

10 dicas para tirar as melhores fotografias de viagem


Veja também:
Há uma nova forma de tirar selfies
Este é o país onde mais pessoas morrem a tirar selfies