A Ethiopian Airlines decide abrir escritórios em Lisboa, após a celebração, em 2015, de um acordo para operar em code-share com a TAP.

A operar desde 1945, a Ethiopian Airlines, membro da Star Alliance, voa desde a capital Adis Abeda para Roma, Frankfurt, Paris, Londres, Madrid, Paris, Bruxelas e Estocolmo, na Europa. Para Banquecoque, Pequim, Xangai, Nova Deli, Hong Kong, Guangzhou e Mumbai, na Ásia. Assim como para outros destinos no Médio Oriente, quase todos os países do continente africano, e ainda Washington DC e Toronto, na América do Norte, e São Paulo, na América do Sul.

A companhia aérea opera com uma frota de longo curso moderna, ao utilizar Airbus 350 e Boeing 787 Dreamliner e 777, adaptados às mais exigentes necessidades dos passageiros europeus, oferecendo «no mercado português excelentes condições comerciais e preços convidativos».

A Ethiopian Airlines tem a maior e mais moderna escola de aviação em África e em 2015/2016 transportou 7,6 milhões de passageiros.

N.M.G.

Veja também:
TAP tem uma nova rota para África
Ryanair passa a voar para EUA e América Latina