Já imaginou uma camisola feita a partir do lixo encontrado no oceano?

A ilha de Phuket, na Tailândia, anunciou que os seus resíduos oceânicos serão recolhidos e transformados em roupas e acessórios elegantes pela Ecoalf, uma marca de roupa que só utiliza materiais reciclados.

A ilha tailandesa vai participar na iniciativa «Upcycling the Oceans» para preservar as suas costas, em benefício dos habitantes e de futuros visitantes.

A Associação dos Hotéis de Phuket associou-se à Autoridade de Turismo da Tailândia, à Ecoalf e à gigante de recursos PTT para lançar a campanha nos dias 27 e 28 de janeiro de 2018. Em conjunto com pescadores locais, mergulhadores e centros de reciclagem trabalharão para recolher o lixo do mar e da praia de Patong. Os materiais recuperados, incluindo plásticos, serão separados e os itens reutilizáveis serão usados para upcycling – processo de transformação de resíduos ou produtos inúteis e descartáveis em novos materiais ou produtos de maior valor, uso ou qualidade, sem passar pelos processos transformadores químicos e físicos da reciclagem.

A Ecoalf começou a iniciativa «Upcycling the Oceans» em setembro de 2015, na costa mediterrânea de Levante, em Espanha. Agora está tentar replicar o projeto na Tailândia. Inicialmente, será posto em prática em Phuket, Koh Samet, Koh Samui, Koh Pha Ngan e Koh Tao. A Ecoalf venderá depois os produtos e objetos da iniciativa em lojas localizadas em hotéis membros da Associação dos Hotéis de Phuket (PHA).

«A beleza e os recursos de Phuket baseiam-se na pureza das suas paisagens costeiras», disse Anthony Lark, presidente da PHA. «Embora nem sempre consigamos controlar o que é derramado nas nossas costas, podemos tomar medidas para enfrentar os resíduos e até transformá-los em algo bonito. Estamos ansiosos por trabalhar com os nossos parceiros na iniciativa ‘Upcycling the Oceans‘ e criar tesouros a partir do lixo».

Viagem à descoberta dos encantos do norte da Tailândia


Veja também:
Tailândia proíbe que se fume nas praias mais turísticas
As ilhas paradisíacas e menos turísticas da Tailândia

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.