De acordo com o site Flight Centre – que reserva anualmente cerca de 1,3 milhão de bilhetes para a Austrália – os viajantes estiveram, em média, 12 dias na Austrália em 2016, em comparação com 15 dias em 2015. Possivelmente, haverá menos tempo e menos dinheiro para umas férias mais prolongadas, mas ainda assim são muitos os fazem questão de viajar para e pela Austrália.

Para ajudar os viajantes que têm apenas duas semanas para visitar o país, e esperando provar que essa duração é possível, o Lonely Planet apresentou cinco dicas a ter em conta quando for a reservar a sua viagem.

1. Seja realista
Escolha entre uma e três regiões para visitar. Em qualquer lugar na Austrália, poderá experimentar comida e vinho incríveis, e deslumbrar-se com a vida selvagem local e paisagens deslumbrantes.

2. Faça a sua pesquisa antes de reservar
A Austrália tem inúmeras experiências para oferecer e agradar todas a toda a gente. Portanto, certifique-se de que adapta a viagem aos seus interesses. Gosta de mar? Então não o evite. É viciado em comida? As cidades de Melbourne, Sydney, Perth, Adelaide, Brisbane e Hobart têm ótimos bares e restaurantes. Prefere a natureza? Vaigostar de observar espécies estranhas e maravilhosas nas florestas de Queensland ou nas terras altas da Tasmânia. É fã de desporto? Há eventos desportivos internacionais durante quase todo o ano, e por isso basta olhar para o calendário e decidir se quer assistir ao Australian Open de ténis, ao Grande Prémio de Fórmula 1, a jogos de críquete ou de rugby.

3. Faça escala em Perth
Perth vai ganhar popularidade, graças ao lançamento de voos diretos a partir de Londres, já em 2018. Visitar Perth permitir-lhe-á conhecer a Austrália Ocidental antes de viajar para a costa leste (East Coast), bem mais conhecida e povoada.

4. Voe entre os destinos
Apesar de viajar de carro e ir conhecendo várias cidades ser uma ótima maneira de conhecer o país, para quem dispõe de apenas duas semanas não parece a melhor opção, principalmente se as cidades a visitar se encontram longe umas das outras. Os voos internos não são muito caros. Assim, poderá incluir algumas experiências regionais, como fazer snorkelling no recife de Ningaloo ou uma caminhada na floresta de Daintree, em Queensland.

5. Resista ao «FOMO» (medo de perder alguma coisa – Fear Of Missing Out)
Há tanta coisa para ver e fazer na Austrália, que um plano de férias estruturado e organizado fará com que possaaproveitar melhor a viagem, já que dispõe de pouco tempo para visitar o país inteiro. Depois de ter escolhido três regiões, aproveite-as ao máximo. Poderá sempre regressar para conhecer o resto da Austrália numa outra viagem.


Veja também:
Poupou 17 mil dólares a viver na Austrália, um dos países mais caros do mundo
Este país tem 11 mil praias e aqui estão as 10 melhores

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.