No Dia Internacional da Mulher, a Emirates destaca o papel desempenhado pelas suas trabalhadoras.

A companhia aérea do Dubai apresenta um vídeo (para ver abaixo), onde documenta a amplitude e diversidade dos papéis operacionais e técnicos desempenhados pelas mulheres no grupo.

O vídeo mostra o papel das mulheres nas várias unidades de trabalho do Grupo Emirates, revelando todas as atividades-chave para a operação do voo EK 225 do Dubai para São Francisco, nos Estados Unidos.

a carregar vídeo

O Emirates A380 foi pilotado pela Comandante Patricia Bischoff do Canadá e pela Co-piloto Rebecca Lougheed do Reino Unido. A tripulação de cabine foi liderada pela assistente de bordo Weronica Formela da Polónia.

Além da equipa de voo, uma outra equipa de mulheres trabalhou arduamente em todas as atividades «acima da asa» e «debaixo da asa» até à partida do voo. Isso incluiu mulheres no atendimento ao cliente no aeroporto, como a Gestora de Serviços de Passageiro; operações na placa, monitorizadas pela Supervisora de Operações Aeroportuárias; serviços técnicos realizados por engenheiras e técnicas de aviação licenciadas; e uma infinidade de outros papéis no despacho de voos, aparência de aeronaves, operações da tripulação, equipas de catering e segurança.

No total, uma equipa de mais de 75 mulheres de mais de 25 nacionalidades trabalhou naquele voo. Isso reflete a diversidade geral no Grupo Emirates, que emprega funcionários de mais de 160 nacionalidades. A equipa de operações do EK 225 também inclui mulheres dos Emirados Árabes Unidos a trabalhar nas equipas de Engenharia, Despacho de Voo, Segurança e Operações de Carga.

«Todos os voos que operamos precisam de um ecossistema inteiro de funcionários de várias unidades de negócios para se juntarem e trabalharem de forma perfeita. A Emirates orgulha-se de ter mulheres representadas em todas essas funções-chave», disse Abdulaziz Al Ali, vice-presidente executivo de Recursos Humanos da Emirates. «As mulheres fizeram parte da história de sucesso da Emirates desde o seu início e, no Dia Internacional da Mulher, celebramos o seu grande contributo para a a empresa e para um setor de aviação mais amplo».

O Emirates Group emprega mulheres de mais de 150 nacionalidades – isso inclui perto de 1150 mulheres dos Emirados Árabes Unidos que trabalham em diversas funções e estão representadas em cargos executivos e de gerência superiores em todo o Grupo. Em geral, as mulheres constituem mais de 40% da força de trabalho da Emirates, com a maioria das mulheres a trabalhar como assistente de bordo. Mais de 20% de todos os papéis de supervisão e de gestão na Emirates são ocupados por mulheres.

Companhias aéreas mais seguras para viajar em 2018


Veja também:
Esta ilha na Europa é só para mulheres: homens não são bem-vindos
Emirates anuncia mais um voo diário para Lisboa

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.